Animais em condomínios são permitidos?

Animais em condomínios, são permitidos?

A resposta é: Sim! mas...

Viver em condomínio é um "exercício de cidadania" e como em qualquer sociedade se existem direitos em contra partida existem os deveres, por isso o ideal é que o condomínio tenha em sua convenção ou regimento interno as regras bem elaboradas, também o bom senso de todos e cuidados básicos por parte dos proprietários de animais contribuem  para um convívio harmonioso. O que não é possível é proibir,  mesmo que esteja na convenção ou regimento.

Cuidados básicos com a higiene

  • Sempre limpar os dejetos do animal nas áreas comuns do condomínio.
  • Urina deixa odores desagradáveis e fezes parecem ter ímã para sapatos.
  • Nada de chamar um funcionário do condomínio para limpar os dejetos do seu cachorro, é dever do tutor deixar o local limpo, como encontrou.

Vacinação em dia!

A vacinação é, possivelmente, uma das principais responsabilidades que um dono adquire quando adota ou compra um animal. No entanto, em algumas ocasiões, surgem algumas dificuldades por não se ter muita clareza sobre a tabela ou o calendário de vacinação para cães.

Usar guia

Não esqueça de por seu cão na guia ao sair de sua unidade e transitar dentro do condomínio, algumas pessoas tem medo de cães. Além de contribuir para prevenir qualquer incidente, também irá mostrar seu respeito às normas e aos demais moradores.

 

"É importante lembrar que o animal hoje faz parte de muitas famílias, e é um grande amigo e companhia para nós, humanos."

Obrigar um dono a se desfazer do seu animal significa obrigá-lo a doar ou “jogar fora” um amigo, um ente familiar, um ser vivo pelo qual se nutre amor, e isso atenta contra a dignidade da pessoa humana.

Comentários estão fechados.

Scroll to top